GLOSSÁRIO

Eis o significado de alguns termos que podemos encontrar em internet com uma certa frequência. A lista não é completa e nunca será tal: novos termos são acrescentados com o passar do tempo.


B

BIOS (software)
O BIOS (Basic Input Output System) é um firmware da placa-mãe do computador que trabalha logo com a inicialização do computador: reconhece os dispositivos e encontrar o sistema operacional que deve ser carregado.

Bit (hardware)
O bit (Binary digiT) pode ser 0 (zero) ou 1 (um) e representa a mais pequena unidade de informação num computador.

Bitrate (software)
O bitrate indica o númeor de bits, quantidade de dados, elaborados num determinado período de tempo. É muito utilizado no ambito dos ficheiros musicais: maior o bitrate, mais elevada a qualidade dum ficheiro Mp3.

BitTorrent (internet)
É um protocolo de conexão P2P (peer-to-peer) que permite a partilha de ficheiros entre vários utentes online. Permite a partilha dum único ficheiro ou de um grupo deles entre várias pessoas ao mesmo tempo, tornando o serviço rápido e funcional.
Costuma ser associado ao fenómeno da pirataria , mas é também utilizado na distribuição dos ficheiros sem que isso torne "pesados" os servers.

Boot (software)
Com este termo costuma indicar-se o conjunto de processos que determinam o início da actividade do computador: ligação e carregamento do sistema operativo. Na prática: o boot é acontece nos primeiros segundos (até dezenas de segundos) desde que a tecla On/Off é carregada e o computador "acorda".

Browser (software)
É o programa utilizado para navegar em internet e abrir as páginas web. Também chamado "Navegador".


C

Case (hardware) 
O case é o termo Inglês que indica o invólucro onde ficam os componentes do computador de mesa: a placa-mãe, a placa de vídeo, o processador, a placa de som, a placa de rede, a memória, o disco rígido, o leitor CD, a fonte de alimentação estão todos conectados dentro do case.

Client (software/hardware)
O client é um software ou um computador utilizado para aceder a um serviço oferecido por um progrm que funciona num outro computador (o server). A rede (por exemplo internet) é o meio com o qual client e server comunicam.
Um exemplo de client é o programa utilizado para receber o correio electrónico: Thunderbird, por exemplo, é o client utilizado para receber as e-mail hospedada numa server (como os serviços de correio GMail, Yahoo, etc.).

Cloud Computing (software)
Com o termo inglês cloud (nuvem) indica-se um serviço ou programa executado online (em internet, num server), longe do computador mas sempre alcançável. Exemplo: os antivírus cloud.

Cloud Storage (software)
O Cloud Storage é um serviço internet que permite o arquivamento ou o backup de dados que detsa forma não são memorizados no disco rígido do computador.

Codec (software)
O codec é um programa que codifica ou descodifica os vídeos de forma que estes possam ser reproduzidos. De forma simples: o codec "reduz" os ficheiros vídeo de grandes dimensões para que seja possível reproduzi-los num computador. Como existem vários formados de vídeo, é importante instalar os codec necessários para a reprodução.

Cookies (internet)
O cookie é um pequeno ficheiro de texto que fica na memória do browser para lembrar os dados das páginas visitadas e/ou para lembrar os dados personalizados.

CPU (hardware)
O CPU (Central Processing Unit) é a unidade de elaboração central, o microprocessador. É o coração (ou o cérebro) do computador, no qual há a efectiva execução das operações: mais poderoso o processador, mais rapidamente poderá executar as tarefas e mais tarefas ao mesmo tempo.


D

Database (software)
Database significa arquivo e é mesmo isso: um conjunto de informações estruturadas de forma que a pesquisa interna seja facilitada.

DHCP (rede)
O DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol) é um protocolo que fornece um endereço IP a cada dispositivo de rede e faz que dois computer não apresentem o mesmo endereço (o que pode causar problemas). O protocolo é automático, mas é possível escolher um endereço estático de forma manual, de modo que seja reservado e permanente.

DNS (rede)
O DNS (Domain Name Service) é um sistema que traduz o endereço IP dum server num nome fácil de ser lembrado. Por exemplo: www.google.com e não 173.194.35.183).
Cada provider tem um próprio database DNS, mas é possível escolher DNS diferentes para melhorar a velociddde de conexão, a segurança ou para impedir censuras locais geográficas.

DOS (software)
O DOS (Disk Operating System) ou MS-DOS era um sistema operativo sem interface gráfica, embrião de alguns sistemas modernos, tal como o Windows (mas não Linux e nem Mac). Ainda hoje o MS-DOS é incluído em Windows para gerir o sistema usando os comandos lançados com o teclado.

Download (internet)
Significa "descarregar" e costuma aparecer nos "botões" que permitem transferir um ficheiro da internet para o nosso computador.

Driver (software)
Um driver é um pequeno programa que permite ao sistema operativo reconhecer e utilizar as periféricas hardware ligadas. Por exemplo: para que seja possível utilizar uma impressora, antes é necessário instalar o driver específico para que o computador consiga "ver" a impressora e utiliza-la.

Dual Boot (software)
O dual boot é a possibilidade de instalar e inicializar dois diferentes sistemas operativos num único computador. Isso permite testar um novo sistema operativo antes de abandonar o velho. O dual boot oferece uma opção logo após ligado o computador para que seja escolhido o sistema operativo com o qual trabalhar.


E

Endereço IP (internet)
Um endereço IP (Internet Protocol Address) é aquela componente que permite aos computadores a conexão com outros terminais. Cada dispositivo ligado à internet tem o seu próprio endereço IP.
O endereço é fornecido pelo provider, mas pode ser alterado com um server proxy para garantir o anonimato.

Endereço MAC (hardware)
O endereço MAC (Media Access Control Address) é um número que identifica de forma unívoca uma placa de rede (dum computador, dum telemóvel, duma impressora) numa rede. É o bilhete de identidade do hardware e não pode ser mudado.


F

Ficheiro ou File (Software)
Arquivo, conjunto homogéneo e organizado de dados. É a estrutura principal na qual um computador arquiva dados e aplicações. Um file é uma sequência complexa de byte gravados num suporte fixo.

Firewall (rede / software)
É um dispositivo que protege o computador ou uma rede contra possíveis intrusões externas. Controla o tráfego de e para o exterior de forma que os ficheiros não aprovados não possam ser transferidos.

FTP (rede)
O FTP (File Transfer Protocol) é um protocolo utilizaod para transferiri dados entre computadoresduam rede local ou para transferir ficheiros online.


G

GUI (software)
A GUI (Graphic User Interface) é a interface gráfica dum programa: basicamente, aquilo que conseguimos ver no ecrã. Uma boa interface é essencial para melhor utilizar um programa e consta de menus, janelas, botões, etc.


H

HDMI (hardware)
O HDMI (High-Definition Multimedia Interface) é um cabo para transmitir o sinal vídeo e áudio em modalidade Alta Definição.

Hotspot (rede)
O hotspot (literalmente: ponto quente) é um ponto de acesso sem fio à internet. Muito utilizado no caso de computadores portáteis ou smartphones que desfrutam as ligações wi-fi.

HTML (internet)
Acrónimo de Hyper Text Markup Language, é a linguagem utilizada para escrever e formatar textos de forma que possam ser lidos pelos browsers.

HTTP (internet)
Acrónimo de Hyper Text Transfer Protocol, é o conjunto de regras que determinam como so ficheiros são transferidos na internet: é a base da web.
(Hypertext Transfer Protocol) è l'insieme di regole che determinano come i file vengono trasferiti sul World Wide Web.

HTTPS (internet)
O HTTP Secure é igual ao clássico HTTP, mas é utilizado para criptografar os dados entre página sweb (por exemplo lojas ou bancos) para tornar a ligação mais segura.


I

Imagem ISO (software)
Uma imagem ISO é a cópia exacta dum disco (geralmente CD ou DVD) no disco rígido. É um método simples para descarregar discos, guarda-los no hard disk, efectuar cópias.

Internet (internet)
Contracção de Inter Connected Network é a maior rede mundial à qual todos podem aceder com uma conexão via modem. Internet pode ser descrita como um conjunto de computadores ligados entre eles de forma a poder encontrar, consultar, transferir de forma rápida informações, utilizando idóneas linguagens. Uma das porções mais utilizadas da internet é o World Wide Web ou simplesmente Web, constituído de várias linguagens entre as quais o HTML.


L

LAN (rede)
A LAN (Local Area Network) É uma rede que liga os computadores duma zona restrita, como um acasa ou um escritório. É portanto um sistema fechado, sem acesso do exterior. Uma rede LAN é criada utilizando um router.

Largura de banda (rede)
A largura de banda é a quantidade de dados que podem ser transferidos duma só vez numa rede entre o computador e o provider internet o longo dum determinado período de tempo (por exemplo: 30 Megabit/segundo).

Link (internet)
É uma ligação. Permite passar duma página web para outra ou dum ponto duma página até outro ou ainda abrir uma aplicação.


M

Magnet Link (internet)
Uma magnet link é utilizado nas páginas BitTorrent para descarregar um ficheiro sem a necessidade de descarregar antes um ficheiro torrent. Em resumo, permite um download mais rápido.

Modem (hardware)
O modem é um modulador-demodulador. A função do modem é converter os sinais digitais dum outro computador (ou outro dispositivo digital) em sinais analógicos capazes de serem transmitidos trâmite uma rede telefónica. Em fase de chegada (de linha para computador) o processo é inverso e o modem  torna os sinais analógicos em digitais (a sequência bit original).


N

NAS (rede)
O NAS (Network Attached Storage) é um dispositivo (como um computador ou um hard disk) no qual são guardados os ficheiros aos quais todos os utentes duma rede podem aceder. Qualquer computador pode ser tornado um NAS para efectuar o backup de rede.

NAT (rede)
O NAT (Network Address Translation) é a maneira como o router permite que mais de um computador possa aceder a internet com o mesmo endereço IP, sem provocar confusão.


O

OAuth (internet)
É um protocolo aberto que permite proteger os dados de forma que as aplicações possam aceder apenas a algumas informações do utente. OAuth é utilizado para aceder aos serviços externos com a própria conta Google, Facebook, ou Twitter sem ter que registar-se de novo.

Open Source (software)
Indica um software cujos autores permitem que possa ser modificado por outros programadores porque o código é aberto e livre.
O software open source não é apenas livre, mas também vêm com uma licença que permite o uso, a cópia e a modificação. Não deve ser confuso com o software freeware.

Overclocking (hardware)
Cada CPU trabalha com uma determinada velocidade.
O overclock é o procedimento que permite que a CPU possa actuar com uma velocidade maior daquela pela qual foi projectada. Isso significa melhor desempenho no caso de reprodução de vídeo, jogos ou  operações mais complexas. O overclocking, todavia, é uma operação delicada e implica algusn riscos (em primeiro lugar. uma maior usura dos componentes do computador).


P

P2P ou Peer-to-Peer (rede)
Ligação na qual todos os computadores podem actuar como client ou como server. Na prática, não há um único local (o server) onde é guardado o(s) ficheiro(s) mas o mesmo encontra-se partilhado por vários computadores.

Phishing (internet)
O phishing (literalmente: pescar) pode ser um e-mail ou uma página web que tenta induzir o leitor a fornecer informações privadas, como uma password, para finalidades ilegais (roubo).

PHP (internet)
O Hypertext Preprocessor é uma linguagem open source utilizada na maior parte dos server web. Permite a criação de conteúdos que mudam com frequência (tipo Wikipedia, os blogues)..).

POP e IMAP (internet)
POP (Post Office Protocol) e IMAP (Internet Message Access Protocol) são metodos para receber o correio electrónico no próprio computador (ou smartphone), com um client tipo Outlook ou Thunderbird. POP pega nas mensagens do server e descarrega tudo no client; IMAP mantém a sincronização entre client e server: isso significa que ao apagar uma mensagem no client (como Thunderbird), esta será apagada também do server (como GMail).

PPI (hardware)
A PPI (pixels por polegada) é a medida do número de pixels de uma imagem.
É muitas vezes usada para descrever ecrãs e monitores ou câmara digitais: quanto maior for o PPI, mais clara será a imagem, e mais nítida também.

Provider (internet)
O provider é o fornecedor de internet.Provider: è il fornitore di internet. Por exemplo: em Portugal são provider Meo, Cabovisão, ZON, no Brasil Vivo, iTelefônica, TIM Brasil, Oi Velox, etc.
No idioma inglês, o provider é identificado pelo acrónimo ISP (Internet Service Provider).

Proxy Server (rede)
Um server proxy, situado entre o computador e internet, serve para transmitir informações funcionando como um filtro. Pode ser utilizado para impedir o aceso a determinadas páginas web (filtrando os conteúdos) ou pode melhorar a velocidade de navegação.
Pode também "falsificar" o acesso a internet, de forma que uma página web não possa determinar qual a nossa localização real.

R

RAM (hardware)
A RAM (Random Access Memory) é um chip interno do computador onde a informação é armazenada temporariamente, enquanto a CPU processa-a.
Nada é armazenado na memória RAM de forma permanente e quando o computador for desligado, a memória RAM é esvaziada. Uma maior quantidade de memória RAM significa a capacidade de executar múltiplos programas ao mesmo tempo e alternar entre estes mais rapidamente.

Router (rede)
É o aparelho que permite que vários dispositivos enviem dados para o dispositivos ao qual estão ligados: na prática, permite ligar vários computadores numa rede LAN.
É também utilizado como ponto de acesso a internet por parte de todos os computadores a este ligados.

RSS (internet)
Um Feed RSS (Rich Site Summary) é um serviço fornecido por sites web ou blogues que cria um resumo com actualização automática das informações publicadas (por exemplo: um post).
Um Feed RSS Reader (o leitor de Feeds RSS, como Google Reader) recolhe as informações das vária spáginas web para criar um único fluxo informativo.
O sistema RSS permite ler as última notícia e artigos de vários blog ou diários.


S

SEO (internet)
O SEO (Search Engine Optimization) é o processo que permite que um site web alcance um melhor posicionamento nos oresultados dum motor de pesquisa. Desta forma, terá mais visibilidades e mais visitas.

Server (hardware, rede)
É um computador dedicado ao controle da rede e projectado para partilhar dados com aplicações client.

SSD (hardware)
O SSD (Solid State Drive) é um disco rígido que não tem partes mecânicas móveis. Por isso os SSD são muito mais rápidos do que os discos rígidos clássicos e são mais resistentes ao desgaste. Por outro lado, os SSD têm uma capacidade de armazenamento menor e são mais caros. Os SSD são úteis para quem desejar um computador mais rápido no arranque e na abertura dos programas.


T

Thetering (rede)
Significa utilizar a conexão dum dispositivo para navegar com um segundo aparelho. Exemplo: utilizar o telemóvel como modem para ligar o computador à internet (não deve ser confundido com o HotSpot, que é um ponto de acesso Wi-Fi).

TLS (internet)
O TLS (Transport Layer Security) é um protocolo para ligar um computer com um server seguro na internet. O anterior protocolo tinha o nome de SSL (Secure Socket Layer). Uma conexão SSL ou TLS é identificada com o protocolo HTTPS.


U

Unidade de informação (hardware)
Simplificando, em informática uma unidade de informação é a capacidade dum sistema de memorizar dados.
Os valores mais utilizados são:
bit (a mais pequena unidade de informação)
byte (8 bit)
Kilobit (1.000 bit)
Kilobyte (1.000 byte)
Megabit (1.000.000 de bit)
Megabyte (1.000.000 de byte)
Gigabit (1.000 milhões de bit)
Gigabyte (1.000 milhões de byte)
Terabit (1.000.000.000.000 de bit)
Terabyte (1.000.000.000.000 de byte)

Nota: valores segundo a International Electrotechnical Commission.

URL (internet)
O URL (Uniform Resource Locator) é o endereço dum site ou blog. Por exemplo: http://informaticaincorrecta.blogspot.com é o URL de Informática Incorrecta.

USB (hardware)
O cabo ou a porta USB (Universal Serial Bus) permite que um computador fique conectado com outros dispositivos, como um rato, um teclado, uma foto-câmara, etc. Um cabo USB transmite dados e também energia que pode ser utilizada para recarregar telemóveis ou outros dispositivos.


V

VoiP (internet)
O VoiP (Voice Over Internet Protocol) é o protocolo que permite comunicar via web com a voz e telefonar utilizando a conexão internet. O exemplo mais conhecido é Skype.

VPN (rede)
O VPN (Virtual Private Network) é um grupo de computadores interligados trâmite uma rede pública, como internet. Um VPN é como uma rede LAN, com dados criptografados por razões de privacidade.


W

WAN (rede)
Uma WAN (Wide Area Network) é uma grande rede que liga mais redes locais (isso é, um conjunto de LAN). Internet, afinal é uma WAN.

WEB (internet)
O web, contracção do termo World Wide Web, é o serviço internet que permite estabelecer ligações entre ficheiros memorizados em computadores (Web Servers ou simplesmente Servers). Os documentos na Web são consultados com um navegador (Browser). 

WEP  (rede)

WPA  (rede):
WEP (Wired Equivalent Privacy) e WPA (Wi-Fi Protected Access) são sistemas de segurança para as conexões internet. Uam password WPA-2 é muito mais segura duma WEP ou uma WPA.

Comentários