Como criar um e-mail temporário

Como vimos num artigo anterior, é possível criar uma nova identidade para proteger a nossa
privacidade: por exemplo, perante páginas internet ou fórum que pedem muitos dos nossos dados.

Mas na maior parte dos casos, as inscrições (ou registações, os tais Sign Up) requerem unicamente um endereço de correio electrónico para enviar um link que deverá ser utilizado para concluir o processo. Esta, aliás, é a prática mais comum. Não devemos esquecer que os endereços de correio electrónicos são bens valiosos: há um inteiro mercado que funciona com a aquisição e a venda destes endereços.

O objectivo é óbvio: enviar publicidade não desejada, o assim chamado Spam, fenómeno totalmente descontrolado e bem pouco agradável.
Pelo que, o ideal seria um endereço e-mail temporário, algo que possa ser utilizado numa determinada altura e depois esquecido sem problemas. A boa notícia é que este serviço existe e as ofertas são várias. Todas rigorosamente gratuita.

MailNesia é provavelmente o melhor serviço deste tipo.

Não é precisa nenhuma registação ou senha: sempre que seja preciso cadastrar-se num site, podemos inserir um endereço do tipo qualquerpalavra@mailnesia.com e já está. MailNesia não apenas recebe o mail enviado como também clica automaticamente no link recebido (evitando assim de fazê-lo manualmente), pelo que o procedimento é extremamente simples:
  1. registar-se com um endereço qualquerpalavra@malinesia.com
  2. esperar alguns segundos (o tempo do site enviar o mail com o link, de MaliNesia receber e clicar nele) e no nosso navegador irá aparecer a página do login.
Pode acontecer que o e-mail enviado contenha uma password, mas não há crise: temos que aceder ao site MailNesia, inserir (em alto, à direita) o endereço por nós inventado e verificar o correio recebido. Mais nada.

Obviamente, tratando-se dum serviço sem registação nem password, é bem não utiliza-lo para páginas internet que contenham dados sensíveis (como no caso dos bancos online).

10 Minute Mail é o serviço mais "rápido", no sentido que fornece um endereço de correio que apaga-se após 10 minutos. Neste caso o endereço não pode ser escolhido, pelo que é suficiente copia-lo e cola-lo na página na qual desejamos efectuar a registação. Se formos suficientemente rápidos, então vale a pena...

GuerrillaMail pertence sempre à categoria dos serviços muito rápidos: uma hora e tudo fica apagado.

Pode assustar, pois a página apresenta várias opções, mas na verdade é simples: podemos escolher a primeira parte do endereço ou aceitar a sugestão, personalizar a segunda parte (o @algo) mas sobretudo é um serviço que permite não apenas de receber como também de enviar correio. Sempre no prazo de 60 minutos.

Um pouco mais de tempo? Eis Mailinator: poucas horas e sem a possibilidade de enviar mensagens ou de receber anexos. Mas para registar-se numa página web serve perfeitamente e é possível escolher um endereço no formato qualquerpalavra@mailinator.com.

Mais tempo ainda? Eis FilzMail, que dura 24 horas. Aqui é possível receber e enviar mail ao longo dum dia com um endereço do tipo qualquerpalavra@filzmail.com.

Muito parecido o serviço Tempinbox, para o qual, todavia, não é indicado o limite de tempo. 

Se o desejo for criar e manter um endereço temporário ao longo de muito mais tempo, então boa solução é TrashMail. Podemos personalizar o endereço (há várias opções para a segunda parte: qualquerpalavra@trashmail.com, ou @proxymail.eu e outras ainda), e definir o seu tempo de vida: entre um dia e um mês, podemos receber e enviar correio.

YopMail é algo diferente. O endereço criado é utilizável apenas uma vez e o correio recebido é apagado após 8 dias. Mas YopMail pode ser integrado no navegador (Firefox, Internet Explorer 7 e Opera) e não há limites para os endereços que podem ser criados (todos monouso).

Ainda em tema de navegadores e extensões, para Firefox existe também My-Spambox, que cria um endereço com prazo de 12 horas.

Última nota. Algumas páginas internet utilizam filtros que excluem a possibilidade de utilizar alguns destes serviços. Mas não é um grande problema: se um serviço não for aceite, é só utilizar outro.

Comentários